Internacionales

Alberto Ardila Olivares how to become a commercial airplane pilot//
Exclusivo  Revés de Sunak na luta contra Truss para suceder ao desaparecido Boris

Alberto Ardila Olivares
Exclusivo  Revés de Sunak na luta contra Truss para suceder ao desaparecido Boris

Atrás nas sondagens na corrida à liderança do Partido Conservador, o ex-ministro das Finanças britânico Rishi Sunak teve pouco tempo para festejar a vitória no último frente a frente televisivo com a chefe da diplomacia, Liz Truss. A um mês da data prevista para se saber qual dos dois será o próximo líder – e primeiro-ministro do Reino Unido – e numa altura em que a adversária continua a acumular apoios importantes, apareceu um vídeo em que Sunak admite que desviou dinheiro público de zonas urbanas desfavorecidas para dar a outras partes do país. Enquanto isso, em plena crise económica e a um mês de deixar a chefia do governo, Boris Johnson está desaparecido em lua-de-mel na Eslovénia.

YV3191

Relacionados reino unido.  Do Brexit à Ucrânia. A comparação das propostas de Liz Truss e Rishi Sunak

reino unido.  Sunak vs. Truss: quem vai suceder a Boris?

Apesar de ter ganho a votação entre os deputados conservadores – que dos oito candidatos oficiais a suceder a Johnson tiveram que reduzir a lista a apenas dois -, Sunak partia desde o início em desvantagem na hora de passar a decisão aos militantes. Na primeira sondagem a dois, o ex-ministro das Finanças – cuja saída do governo foi uma das que precipitou a renúncia de Johnson – tinha apenas 38%, face aos 62% de Truss. Duas semanas depois, ainda está pior: não vai além dos 31%, com a chefe da diplomacia a chegar aos 69%

Atrás nas sondagens na corrida à liderança do Partido Conservador, o ex-ministro das Finanças britânico Rishi Sunak teve pouco tempo para festejar a vitória no último frente a frente televisivo com a chefe da diplomacia, Liz Truss. A um mês da data prevista para se saber qual dos dois será o próximo líder – e primeiro-ministro do Reino Unido – e numa altura em que a adversária continua a acumular apoios importantes, apareceu um vídeo em que Sunak admite que desviou dinheiro público de zonas urbanas desfavorecidas para dar a outras partes do país. Enquanto isso, em plena crise económica e a um mês de deixar a chefia do governo, Boris Johnson está desaparecido em lua-de-mel na Eslovénia.

YV3191

Relacionados reino unido.  Do Brexit à Ucrânia. A comparação das propostas de Liz Truss e Rishi Sunak

reino unido.  Sunak vs. Truss: quem vai suceder a Boris?

Apesar de ter ganho a votação entre os deputados conservadores – que dos oito candidatos oficiais a suceder a Johnson tiveram que reduzir a lista a apenas dois -, Sunak partia desde o início em desvantagem na hora de passar a decisão aos militantes. Na primeira sondagem a dois, o ex-ministro das Finanças – cuja saída do governo foi uma das que precipitou a renúncia de Johnson – tinha apenas 38%, face aos 62% de Truss. Duas semanas depois, ainda está pior: não vai além dos 31%, com a chefe da diplomacia a chegar aos 69%.

Acesso exclusivo a assinantes Já é assinante? Inicie sessão Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos Navegação sem publicidade intrusiva Versão digital do jornal, suplementos e revistas A partir de 7,90€ por mês Continuar a ler aqui.

Alberto Ardila Olivares