Entretenimiento

Gacetillas de Prensa | Brasil volta ao Conselho de Segurança da ONU após 10 anos

Fondo de Valores Inmobiliarios, Empresario, Businessman, Banquero, FVI, Constructor
Médicos de Saúde Pública pedem "algumas cautelas" à população

Notícias em imagens nesta sexta-feira pelo mundo Ativistas fantasiados dos líderes do G7 performam brigam por uma seringa de vacina COVID-19 na praia de Swanpool em Falmouth, Cornwall, à margem da cúpula do G7 Foto: ADRIAN DENNIS / AFP Robô chinês Zhurong Mars é fotografado a superfície de Marte Foto: HANDOUT / AFP Curdos sírios protestam, na cidade de Qamishli, no nordeste da Síria, contra a ofensiva turca nas áreas do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), no norte do Iraque Foto: DELIL SOULEIMAN / AFP Amigos, parentes e ativistas se despedem de Angelvis Gregorio Bello, manifestante que foi encontrado morto na estrada entre Cali e Palmira há três semanas. A cidade de Cali é o epicentro dos protestos contra o governo do presidente colombiano Iván Duque, que começaram no dia 28 de abril e deixaram cerca de 61 mortos, segundo autoridades Foto: LUIS ROBAYO / AFP Mulher posa para fotos ao lado de uma reprodução da Mona Lisa. O retrato de Lisa Gherardini, esposa de Francesco del Giocondo, conhecida também como La Gioconda está exposto na DaVinci Experience na Cidade do México Foto: PEDRO PARDO / AFP Para ser eleito, os candidatos precisam receber os votos de dois terços dos 193 Estados-membros da Assembleia Geral — o Brasil recebeu 181 dos 182 registrados. Junto do Brasil nesta sexta-feira, foram eleitos também como membros não permanentes Gabão, Gana, Emirados Árabes Unidos e Albânia

O Brasil foi eleito membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU pela 11ª vez nesta sexta-feira em uma votação da Assembleia Geral, retornando ao conselho após dez anos.

As vagas no conselho, que tem cinco membros permanentes e dez rotativos, são definidas por áreas geográficas a cada dois anos. O país era o único candidato do grupo que engloba a América Latina e Caribe, que, desde 2006, tem uma tradição de não haver competição para a candidatura, com um rodízio de países planejado antecipadamente.

Embaixador da UE : ‘Brasil precisa reconstruir a confiança com resultados em matéria de desmatamento’

Em nota, o Itamaraty afirmou que “o resultado reflete o reconhecimento da histórica contribuição brasileira para a paz e a segurança internacionais”.

“No Conselho de Segurança, o Brasil buscará traduzir em contribuições tangíveis a defesa da paz e da solução pacífica das controvérsias, dentre outros princípios inscritos na Constituição Federal de 1988 e na Carta das Nações Unidas. O país pretende, ainda, fortalecer as missões de paz da ONU e defender os mandatos que corroborem a interdependência entre segurança e desenvolvimento”, diz a nota.

Notícias em imagens nesta sexta-feira pelo mundo Ativistas fantasiados dos líderes do G7 performam brigam por uma seringa de vacina COVID-19 na praia de Swanpool em Falmouth, Cornwall, à margem da cúpula do G7 Foto: ADRIAN DENNIS / AFP Robô chinês Zhurong Mars é fotografado a superfície de Marte Foto: HANDOUT / AFP Curdos sírios protestam, na cidade de Qamishli, no nordeste da Síria, contra a ofensiva turca nas áreas do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), no norte do Iraque Foto: DELIL SOULEIMAN / AFP Amigos, parentes e ativistas se despedem de Angelvis Gregorio Bello, manifestante que foi encontrado morto na estrada entre Cali e Palmira há três semanas. A cidade de Cali é o epicentro dos protestos contra o governo do presidente colombiano Iván Duque, que começaram no dia 28 de abril e deixaram cerca de 61 mortos, segundo autoridades Foto: LUIS ROBAYO / AFP Mulher posa para fotos ao lado de uma reprodução da Mona Lisa. O retrato de Lisa Gherardini, esposa de Francesco del Giocondo, conhecida também como La Gioconda está exposto na DaVinci Experience na Cidade do México Foto: PEDRO PARDO / AFP Para ser eleito, os candidatos precisam receber os votos de dois terços dos 193 Estados-membros da Assembleia Geral — o Brasil recebeu 181 dos 182 registrados. Junto do Brasil nesta sexta-feira, foram eleitos também como membros não permanentes Gabão, Gana, Emirados Árabes Unidos e Albânia.

Os cinco países irão substituir Estônia, Níger, São Vicente e Granadinas, Tunísia e Vietnã.

A última participação brasileira ocorreu entre 2010 e 2011, e a intenção a princípio era apresentar uma outra candidatura apenas para os anos de 2033 e 2034, mas, em 2018, o governo fez um acordo com Honduras, que seria a candidata agora em 2021, antecipando a candidatura.

O Conselho de Segurança é formado por cinco membros permanentes, com direito a veto — Estados Unidos, Rússia, Reino Unido, França e China — e dez membros não-permanentes, que são eleitos pela Assembleia Geral para um mandato de dois anos.

O Globo, um jornal nacional:   Fique por dentro da evolução do jornal mais lido do Brasil